Don Fábio
Não sei o que me espera, por isso vivo o presente.
 
 
 
 
 
 
 
EM NOME DO FILHO
A OBDIÊNCIA IMPERATIVA E CATEGÓRICA DO FILHO, EM SEGUIR O DESTINO TRAÇADO PELO PAI, MESMO SENDO ESSE O MAIS DOLOROSO, COMPROVA A SUA DIVINDADE, NA TRAGETÓRIA AO CALVÁRIO HOUVERAM MOMENTOS DE PEDIDOS HUMANOS EM SUA FALA, MAS SEM QUE ESSES O ARREDASSEM DO SEU DESTINO, FOI A CRUZ ENTRGOU SEU CORPO E DERRAMOU SEU SANGUE.
A VONTADE DO PAI FOI CONFIRMADA PELA OBDIÊNCIA DE SEU FILHO.
SE ÉS TÃO PODEROSO PORQUE NÃO TE SALVAS? QUESTIONAVAM TODOS.
TERIA TODO O PODER PARA FAZÊ-LO, MAS SUA MISSÃO NÃO SERIA CUMPRIDA, ELE FEZ DE SUA TRAGETÓRIA A NARRATIVA PARA NOS MOSTRAR QUEM SOMOS, E COM ISSO NOS SALVAR PERDOANDO NOSSOS PECADOS.
ELE NÃO ESTÁ PARA NOSSA CONVENIÊNCIA E SIM PARA O QUE É. ESSA É A VERDADE.
 
 
Site do Escritor criado por Recanto das Letras